Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Minas suspende cirurgias eletivas do SUS por causa do avanço da pandemia

    Medida, não irá se aplicar ao paciente cardíaco ou oncológico de maior gravidade, será revista em 15 dias

    Por Plox

    15/02/2021 23h27 - Atualizado há 7 meses

    As cirurgias eletivas realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) estão suspensas em sete macrorregionais de Minas Gerais pelo menos nas próximas duas semanas, informou o governo nesta segunda-feira (15). Os procedimentos, que não são considerados urgentes e podem ser agendados, foram cancelados por causa do avanço da Covid-19 no Estado.

    De acordo com a Secretária Estadual de Saúde (SES), a medida não se aplica aos pacientes cardíacos ou oncológicos de maior gravidade, "cabendo ao médico especialista atestar que o atraso da cirurgia ou do procedimento cirúrgico poderá aumentar o risco de mortalidade", detalhou. A suspensão das cirurgias eletivas já está em vigor nas regionais Centro, onde fica a região metropolitana de Belo Horizonte, Jequitinhonha, Leste do Sul, Noroeste, Triângulo do Norte, Triângulo do Sul e Vale do Aço.

    A suspensão de cirurgias eletivas não essenciais ocorrerá nas redes pública e privada contratada e conveniada com o SUS  Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
    A suspensão de cirurgias eletivas não essenciais ocorrerá nas redes pública e privada contratada e conveniada com o SUSFoto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

     

    “Há algum tempo a secretaria vinha recomendando a suspensão das cirurgias eletivas, mas agora entendemos que deveríamos suspender dado o momento da pandemia”, explica o chefe de gabinete da SES-MG, João Pinho. Exceto a macrorregião do Vale do Aço, todas as outras afetadas pela suspensão estão na onda Vermelha do plano Minas Consciente, a mais severa da pandemia. 

    Em nota, a SES reforçou que a determinação é uma ação preventiva para evitar o esgotamento da rede pública de assistência. "Esses indicadores são revistos quinzenalmente e, devido ao caráter dinâmico da pandemia, outros dados podem ser agregados pela SES-MG à análise", explicou a pasta.

     

    Atualmente, Minas tem 4.057 leitos de UTI e a média de ocupação da rede está em 70,80%. "No entanto, esse não é o único indicativo que a SES-MG utiliza para monitorar as margens de risco para a manutenção de cirurgias eletivas. Entre eles estão a disponibilidade de medicamentos fornecidos pelo Ministério da Saúde, o tempo de atendimento a solicitações de internação, as prospecções do número de casos e a ocorrência de surtos", detalhou o órgão.

    Confira como está a taxa de ocupação de leitos UTIs em Minas: 

    - Centro: 77,64%

    - Jequitinhonha: 56,06%

    - Leste do Sul: 73,98%

    - Noroeste: 71,84%

    - Triângulo do Norte: 94,09%

    - Triângulo do Sul: 63,81%

    - Vale do Aço: 61,40%

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/minas-suspende-cirurgias-eletivas-do-sus-por-causa-do-avanco-da-pandemia-1.2447671
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]