Publicidade

Casal é diagnosticado com covid após fazer festa para 23 pessoas

16/05/2020 23:33

Polícia Civil abriu inquérito para investigar as consequências da comemoração de aniversário que aconteceu na cidade de Felixlândia, a 180 km de BH

Publicidade

Um casal de Felixlândia, a 180 km de Belo Horizonte, teve diagnóstico positivo para coronavírus após darem uma festa de aniversário para ao menos 23 pessoas na casa onde moram. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar as consequências do evento.

A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Nonô Carvalho (PDT), na noite desta sexta-feira (15). Segundo o chefe do Executivo Municipal, o homem de 70 anos e a mulher de 56 anos receberam filhos e amigos no dia 1º de maio. Um dos convidados veio de outro Estado.

— Tinha gente da cidade de Rio Pomba e de São Paulo. Inclusive, esta pessoa de São Paulo já chegou com sintomas de gripe.

Casal recebeu convidados até do Estado de São Paulo Reprodução / Google Street View

Casal recebeu convidados até do Estado de São Paulo

Reprodução / Google Street View

Ainda de acordo com o prefeito, a equipe da Secretaria de Saúde esteve na casa do casal nesta sexta-feira para orientar a família. Marido e mulher passam bem e não precisaram ser internados. Uma das preocupações de Carvalho é com os filhos dos anfitriões da festa que teriam levado uma vida normal após o evento.

 

— A princípio, o casal não saiu de casa, mas os filhos saíram. Foram a supermercados e açougues.

Os contágios registrados em Felixlândia ainda não constavam no balanço oficial da Secretaria de Estado de Saúde até este sábado (16). Os dados do governo apontam 4.474 com diagnóstico contaminadas em Minas e outras 150 mortes confirmadas;

Procurada, a Polícia Civil informou que os responsáveis pela festa podem responder por infração de medida sanitária, que prevê prisão de um mês a um ano, além de pagamento de multa.

Fonte: Um casal de Felixlândia, a 180 km de Belo Horizonte, teve diagnóstico positivo para coronavírus após darem uma festa de aniversário para ao menos 23 pessoas na casa onde moram. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar as consequências do evento. A


Publicidade