Lipoaspiração a laser: especialista explica como funciona a técnica

A modalidade promete ser menos invasiva e ideal para evitar a flacidez pós-procedimento. Entenda os efeitos e cuidados necessários

Por Plox

18/02/2021 16h02 - Atualizado há 14 dias

No universo da estética, a lipoaspiração é uma das cirurgias mais conhecidas e procuradas entre as mulheres. Aquelas gordurinhas, que nem a dieta nem a academia parecem ser capazes de eliminar, levam milhares de pessoas para a mesa de cirurgias plásticas todos os dias. Porém, uma nova alternativa, chamada de lipoaspiração a laser, promete ser menos agressiva e tornar o efeito mais duradouro.

A técnica também garante uma melhora da flacidez e da elasticidade, promovendo contração imediata das fibras elásticas, definindo a silhueta. Pioneira no procedimento em Brasília, a cirurgiã plástica Helena Zarur explica que a modalidade One S.T.E.P. reduz o pós-operatório de 30 para apenas três dias, por ser menos invasiva que as práticas tradicionais.

lipoaspiracao a laser

A modalidade funciona assim: o tecido das camadas mais superficiais da pele é aquecido pelo laser. Em seguida, aumenta-se a temperatura e as ondas são capazes de atingir camadas mais profundas da pele, “destruindo” as células de gordura. “Os benefícios para o paciente, em relação às tecnologias anteriores, são inegáveis em todos os aspectos”, avalia a médica.


Benefícios
A “lipo” a laser funciona com base na fotoestimulação seletiva de tecidos, o que torna o procedimento mais seguro e confortável para a paciente, de acordo com a profissional. Ela também proporciona a retração da pele ainda durante o pós-operatório imediato, e estimula a produção de colágeno, fundamental para quem quer manter a pele mais firme.

A vantagem sobre outras técnicas é a preservação e estimulação de células com capacidade reparadora, obtidas na colheita do tecido adiposo.

Cirurgias regenerativas
Além da aplicação voltada à estética, a nova técnica pode ser usada para tratamentos de feridas complexas, queimaduras, reconstruções mamárias, regeneração de músculos, cartilagens, ossos e tendões.

Também entram na lista as aplicações para a medicina estética, na remodelagem corporal, rejuvenescimento facial, mãos, enxerto de glúteos e mamas, preenchimento de sulcos faciais e regeneração capilar.

Cuidados
De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Denis Calazans, antes de partir para a intervenção médica, é preciso que haja uma avaliação ampla do paciente, incluindo o psicológico, além da anatomia e reação do organismo a possíveis complicações.

Fonte: https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/beleza/lipoaspiracao-a-laser-especialista-explica-como-funciona-a-tecnica
PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021