Cachorro pula do segundo andar de prédio no DF e sobrevive

O momento da queda foi registrado por câmeras de vigilância

Por Plox

20/02/2021 16h11 - Atualizado há 11 dias

Um cachorrinho pulou da janela de um apartamento do segundo andar no Riacho Fundo 1, no Distrito Federal. Após a queda, o cão foi levado ao veterinário, mesmo sem aparentar estar ferido, e passa bem. O momento da queda foi registrado por câmeras de vigilância.

A advogada Ana Paula Vasconcelos, especialista em direito animal, contou que recebeu uma ligação, por volta das 16h30 de quinta-feira (18/2), com denúncia de que uma mulher havia arremessado um cachorro pela janela. 

 

reprodução de cao que caiu no DF
Após a queda do cãozinho, originou-se uma confusão: moradores do prédio afirmavam ter visto uma mulher empurrando o animal pela janela - (crédito: Material cedido ao Correio)

Ao Correio, a advogada Ana Paula Vasconcelos, especialista em direito animal, contou que recebeu uma ligação, por volta das 16h30 desta quinta (18/2), com denúncia de que uma mulher havia arremessado um cachorro pela janela. "Eu estava próximo ao prédio e fui lá. Conversei com vizinhos e ninguém tinha visto a moça jogando o cachorrinho. A história estava nebulosa. No vídeo, é possível ver o cachorro caindo, mas não havia como provar nada", relatou. "Todas as falas estavam sem comprovação. Registrei, então, boletim de ocorrência na 29ª Delegacia de Polícia, no Riacho Fundo 1. Os policiais foram imediatamente ao local, já que se tratava de um possível flagrante."

Os agentes concluíram, segundo Ana Paula, que ninguém havia empurrado o cachorrinho pela janela. "A moça que foi vista era moradora do terceiro andar, sem nenhuma relação com a queda", informou a especialista. Na unidade do segundo andar, de onde o cachorro caiu, mora uma mulher, conforme apuraram os policiais.

Na noite anterior, em um bar com uma amiga, ela viu o cachorrinho perdido. "A moça comprovou o relato por meio de posts nas redes sociais procurando os tutores, que ela fez logo após encontrar o cachorro", continuou a advogada.

A moça levou o cachorro para casa. "Como ela tem outro animal, também macho, ficou com medo de os dois brigarem. Deixou o cão encontrado em seu apartamento e foi dormir na casa do namorado, com seu cachorro", afirmou a especialista em direito animal.

Na manhã seguinte, a moça foi para o trabalho e pediu à mesma amiga que estava com ela no bar que fosse ao seu apartamento dar comida ao cão encontrado. As duas amigas só descobriram que o cachorro havia pulado pela janela de noite, quando a polícia foi ao apartamento. Quando as moças chegaram ao local, o cachorro não estava mais lá.

"No meio dessa confusão toda, os donos do cachorrinho apareceram", continuou Ana Paula. "Entraram em contato com a moça que havia achado e combinaram de buscar o cão depois que a mulher saísse do trabalho." Quando a moça retornou para casa, os envolvidos foram à DP. "Conseguimos levar todos para a delegacia: a moça que pegou, o rapaz que socorreu, o vizinho que afirmava ter visto outra pessoa jogando o cachorro pela janela", continuou a advogada. "Moral da história: o cachorro passa bem e os tutores buscaram-no com o rapaz que socorreu o cãozinho após a queda."

"É importante deixar registrado que as coisas nem sempre são o que parecem. Mesmo sem ter visto ninguém arremessando o cachorro, os vizinhos afirmavam com certeza que uma mulher o havia jogado. É preciso tomar cuidado", alertou a advogada, chamando a atenção, no entanto, para o lado positivo da confusão. "Histórias como essa reafirmam a postura de uma sociedade cada vez mais atenta para o direito dos animais, não suportando qualquer possibilidade de violência."
 

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2021/02/4907627-video-cachorro-pula-do-segundo-andar-de-predio-no-df-e-sobrevive-a-queda.html
PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021