Presidente da Russia fala sobre ameaça de uma guerra nuclear

20/12/2018 12:04

Putin alerta sobre consequências se EUA não respeitar Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF, sigla em inglês),

Publicidade

Uma eventual ameaça de guerra nuclear, que abalaria todo o planeta, foi um tema tratado pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta quinta-feira (20), em entrevista coletiva que ele concede anualmente à imprensa. O chefe de Estado também falou sobre a Síria e outros assuntos.

A entrevista coletiva começou com o presidente russo comentando sobre os avanços econômicos de seus país. "a Rússia tem os meios para entrar no top cinco", se referindo aos lideres econômicos mundiais. Segundo o Banco Mundial, A Rússia ocupa hoje a 12ª posição na economia mundial.

Guerra nuclear

O líder soviético se referiu à possibilidade dos Estados Unidos se retiraram do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF, sigla em inglês), como algo preocupante e de 'consequências imprevisíveis'.

O presidente americano, Donald Trump, fez o anúncio dessa ação em outubro. "Estamos testemunhando o colapso do sistema de controle de armas", comentou Putin, que ainda criticou a postura de Trump quanto a não aderir a extensão do novo acordo START.

puutin

Em tom mais áspero, o presidente russo ameaçou dizendo que se a America implantar seus mísseis de alcance médio na Europa, A Rússia tomará medidas para neutralizá-los. Putin advertiu que uma guerra nuclear seria catastrófica. "poderia levar à destruição da civilização como um todo e talvez até do nosso planeta", disse.

Putin também afirmou que o ocidente estaria percebendo um aumento do poder de seu país e que isso poderia inclusive ter culminado com as sanções ocidentais contra a Rússia, em vigor desde 2014, quando a península ucraniana da Crimeia foi indexada ao seu território.

 



Publicidade