PM encontra maconha, arma e munições durante operação em Timóteo

Segundo a PM, um jovem de 24 anos foi preso na operação

Por Plox

21/04/2021 07h21 - Atualizado há cerca de 3 anos

Nessa terça-feira (20), a Polícia Militar (PM) encontrou uma porção de maconha, um revólver e munições na avenida México, no bairro Serenata, em Timóteo-MG. Um jovem, de 24 anos, foi preso acusado de ser proprietário dos materiais.

Segundo a PM, os militares receberam informações anônimas, dando conta de que o suspeito, conhecido no meio policial pelo envolvimento com o tráfico de drogas, estaria praticando atos ilícitos.

De acordo com os militares, as guarnições deslocaram até o endereço do suspeito e, após a sua genitora franquear a entrada dos militares, os policiais encontraram na residência um tablete de maconha; um revólver Taurus calibre .38; 21 cartuchos intactos, calibre .38 e uma sacola contendo diversos pinos vazios, normalmente utilizados para acondicionar cocaína.

Foto: divulgação/PM

 

Ainda conforme relatado pela Polícia Militar, o suspeito teria confessado ser proprietário dos ilícitos. Diante dos fatos, o jovem foi preso, os materiais foram apreendidos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil.

 

Homem é morto a tiros em Timóteo

Na noite dessa terça-feira (20), um homem morreu após ser baleado em Timóteo-MG. Henrique Martins Tavares, de 33 anos, foi socorrido ao Hospital Maternidade Vital Brasil, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

O crime ocorreu no bairro Centro-Sul, em Timóteo. Conforme divulgado pelo Plox, o homem foi alvo de diversos disparos de arma de fogo. Conforme o cabo Matheus, da Polícia Militar, Henrique estava na porta da casa dele ao lado de um veículo Corolla, quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma moto, que chegaram e efetuaram os disparos. Alguns tiros também atingiram o carro.

Foto: enviada ao WhatsApp do PLOX

 

A vítima foi socorrida ao hospital em estado grave e não resistiu. Ainda não existem informações sobre a quantidade de perfurações no corpo de Henrique.

Os suspeitos do crime ainda não foram identificados. A PM segue em rastreamento na tentativa de localizá-los e prendê-los. Ainda segundo as informações, a vítima tinha passagens no meio policial. A motivação do crime também não foi revelada. 
 

Destaques