Caixa vai convocar candidatos aprovados em concurso de 2014

21/05/2019 12:14

Informações extraoficiais dão conta de que o número pode chegar a 2,5 mil pessoas absorvidas

Publicidade

A Caixa Econômica Federal pretende chamar no próximo mês, os candidatos que foram aprovados no concurso público para o banco em 2014.  A informação já vinha sendo especulada há alguns meses, mas o presidente da instituição, Pedro Guimarães, confirmou a contratação na última semana.  

Caixa- Foto: Agência Brasil

Há informações extraoficiais de que a quantidade de vagas pode chegar a 2,5 mil pessoas absorvidas- Foto: Agência Brasil


O chamamento será feito conforme a necessidade da estatal e começará a partir do dia 3 de junho, segunda-feira. “Os candidatos serão convocados de acordo com a necessidade e estratégia da empresa. É importante focar em colocar as pessoas na rede, que é o principal contato da Caixa com os mais de 93 milhões de clientes que temos”, informou a assessoria do banco, ressaltando que as contratações dos concursados visa o fortalecimento do atendimento nas agências bancárias. Apesar de a Caixa ainda não ter se manifestado oficialmente sobre a quantidade de contratados, há informações extraoficiais de que o número possa chegar a 2,5 mil pessoas absorvidas, com a possibilidade de 25% delas remetidas a PcD (Pessoas com Deficiências). 

Pedro Caixa- Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Pedro Gumiarães fez o anúncio na última semana- Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Programa de Desligamento Voluntário
Em contrapartida, a empresa aderiu ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV) nesta segunda-feira, 20 de maio, que prevê o desligamento de 3, 5 mil trabalhadores da Caixa. Conforme o presidente da instituição bancária, com o desligamento voluntário, estima-se uma economia de R$ 716 milhões anuais. Outras estatais, como Correios, Petrobras, Infraero e Embrapa, além de outras três que não foram informadas, também aderiram ao PDV, anunciado no dia 16, semana passada. A estimativa é de que 21 mil funcionários públicos deixem dessas empresas, o que gerará uma contenção anual de até R$ 2,3 bilhões, somente com folha de pagamentos. 


Saiba mais>>> Programa de Demissão Voluntária é aprovado para funcionários de sete estatais; Petrobras e Correios estão na lista

Atualizada às 15h46



Publicidade