Anatel libera o Vale do Aço para receber sinal 5G de internet

Cidades vizinhas também poderão entrar com pedido de licenciamento pelas prestadoras

Por Plox

21/06/2023 14h13 - Atualizado há 11 meses

Em um comunicado divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as cidades do Vale do Aço e do entorno, já poderão solicitar o licenciamento e ativação de estações de 5G na faixa de 3,5 GHz a partir de dia 26 deste mês. O sinal está disponível em Ipatinga desde o dia 27 de março deste ano e em Coronel Fabriciano desde o dia 30 de maio.

Foto: Marcelo Augusto / Plox


As cidades de Timóteo, Santana do Paraíso, Bugre, Ipaba, Belo Oriente, Jaguaraçu, Marliéria e Naque, estarão liberadas a partir do próximo dia 26. Após deliberação na Reunião Ordinária do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz - GAISPI, outras 179 cidades também poderão ativar a frequência.

Foto: reprodução


 

Com a decisão, todos os 1.610 municípios que tinham previsão de serem liberados até o final do mês de junho passam a ter a faixa de 3,5 GHz disponível para utilização por estações do 5G standalone, perfazendo o total de 141 milhões de brasileiros, o que corresponde a 66,4% da população do Brasil.

Ainda segundo a Anatel, a partir de julho, mais cidades poderão ter a faixa liberada de forma antecipada, conforme avancem as ações da Entidade Administradora da Faixa de 3,5 GHz (EAF).

Instalação de internet 5G

Conforme alertou a Anatel, a liberação da faixa não significa que redes do 5G serão instaladas de imediato nas localidades. A instalação antecipada de estações de quinta geração nessas cidades depende do planejamento individual de cada prestadora.

Foto: reprodução

 

Em Minas Gerais, a Vivo é a prestadora com maior número de Estações, com 3.589. Em seguida aparece a TIM, com 2.882 Estações, e a Claro com 2.781.


 

Destaques