Brasil

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Membros de Boca Juniors e Atlético se envolvem em briga no Mineirão

    Time argentino perdeu voo para o país e segue em delegacia de Belo Horizonte

    Por Plox

    21/07/2021 10h53 - Atualizado há 4 dias

    Oito membros do Boca Juniors irão responder por lesão corporal, agressão e depredação de patrimônio público após uma confusão generalizada na noite dessa terça-feira (20), no Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O time argentino perdeu para o Atlético pela Copa Libertadores.

    De acordo com a Polícia Militar, os envolvidos foram identificados, mas ninguém foi preso. A delegação do clube visitante foi encaminhada à 6ª Delegacia Regional da Polícia Civil, na capital, onde segue na manhã desta quarta. Por essa razão, o time perdeu o voo que havia fretado para retorno à Argentina.

    Suspeitos arrancaram um bebedouro para lançar na briga. Foto: reprodução/ Fox Sports

     

    A confusão teve início após a vitória do Atlético na partida, nos pênaltis, sobre o Boca Juniors. Os jogadores do time argentino teriam entrado em confronto com seguranças do Atlético e do estádio no caminho do vestiário, o que acabou virando uma briga generalizada, que também envolveu dirigentes e jogadores dos dois clubes.

    Segundo a corporação, a delegação argentina lançou grades de proteção e até um bebedouro contra os seguranças. Já o presidente do Atlético, Sérgio Coelho, foi visto jogando garrafas de água no sentido dos jogadores argentinos. Por essa razão, a PM precisou usar spray de pimenta. Os militares sugeriram levar apenas os envolvidos na briga até a delegacia.

    No entanto, o técnico do Boca, Miguel Ángel Russo, não aceitou e disse que o time só iria embora do Brasil com todos os membros. Assim, toda a delegação foi levada para a delegacia, onde permanece nesta manhã. Eles vão prestar depoimento e serão liberados. Um representante do consulado da Argentina acompanha o procedimento.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]