Bolsonaro recebe menina Yasmin, vítima de fake news

25/04/2019 13:49

O gesto de Yasmin foi interpretado por parte da imprensa como recusa a cumprimentar Bolsonaro

Publicidade

A pequena Yasmin Alves, de 8 anos, foi recebida pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira, 25 de abril, no Palácio do Planalto. A estudante se tornou conhecida em todo o país depois que apareceu em um vídeo balançando a cabeça, em um tom de negação, diante do presidente, num evento de Páscoa em sua escola, no Distrito Federal.

No encontro desta quinta-feira com o presidente, a menina estava acompanhada dos pais. Lá, tirou fotos com o chefe de Estado, ganhou uma camisa do Flamengo e distribuiu sorrisos (Veja o vídeo abaixo). Depois do encontro, o presidente disse que levaria a filha Laura para conhecer Yasmin. 

Confira como foi o encontro:

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Macos Corrêa/Presidência da República

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

 

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Macos Corrêa/Presidência da República

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Macos Corrêa/Presidência da República

Pais da menina acompanharam o encontro no Planalto- Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Macos Corrêa/Presidência da República

Yasmin é recebida por Bolsonaro no Planalto- Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República

Vídeo disseminado

No vídeo que percorreu o país, a atitude da garotinha foi vista por parte da imprensa como uma recusa em cumprimentar Bolsonaro. Após a repercussão, foi constatado que Yasmin estava apenas respondendo a um questionamento do presidente, que teria perguntado às crianças: “Quem aí é Palmeiras?”. Nesse contexto, a menina faz sinal de negativo, numa demonstração de que não torcia para o time verde-branco. Yasmin é flamenguista.

Em uma entrevista pouco depois da repercussão, a menina confirmou o boato disseminado: “Ele [Bolsonaro] perguntou quem era palmeirense e eu balancei a cabeça dizendo que não era. Fico muito triste porque as pessoas estão falando mal de mim, que sou mal-educada”, disse a garotinha.

Menina diz ter respondido que não torcia para o Palmeiras Reprodução

Atualizada às 18h19



Publicidade