'Não quero vítima como candidato em 22', diz Janaina sobre Moro

27/07/2020 16:33

Deputada estadual pelo PSL em SP criticou nesta segunda (27) afirmações dada pelo ex-ministro, de que governo usou sua presença no ministério

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) criticou nesta segunda-feira (27) as últimas afirmações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. Nas redes sociais, a parlamentar escreveu que está “cansada de ouvir lamúrias” e que vitimização “é coisa de quem não tem proposta”.

Paschoal acredita que não devemos antecipar a eleição presidencial de 2022. “No entanto, caso ele (Moro) tenha o desejo, ou o sentimento de responsabilidade, precisará abrir a cabeça. Eu não escondo de ninguém minha admiração por ele a propensão de o apoiar em uma possível candidatura em 22, mas já estou cansada de ouvir lamúrias. Alguém que queira governar o Brasil precisa ter a capacidade de virar a página”, afirmou.

Ex-ministro da Justiça Sergio Moro Ueslei Marcelino/Reuters - 24.04.2020

Ex-ministro da Justiça Sergio Moro

Ueslei Marcelino/Reuters - 24.04.2020

 

Na última semana, em entrevista ao jornal britânico Financial Times, Moro disse que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) usou sua presença na equipe ministerial como desculpa para demonstrar que medidas anticorrupção estariam sendo tomadas.

 

“Uma das razões para eu sair do governo foi que não estava se fazendo muito (pela agenda anticorrupção”, disse Moro. “Eles estavam usando minha presença como uma desculpa, então eu saí. A agenda anticorrupção tem sofrido reveses desde 2018”, acrescentou.

 

A deputada estadual diz, então, que “essa ladainha de que foi usado vai afundálo”. “Vitimização é coisa de quem não tem proposta. Não quero uma vítima como candidato em 22! Quero um protagonista! Moro já foi protagonista e poderá voltar a ser”, finalizou.

Fonte: https://noticias.r7.com/prisma/r7-planalto/nao-quero-vitima-como-candidato-em-22-diz-janaina-sobre-moro-27072020