Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Incidência da Covid-19 em BH aumenta em 53% com a confirmação de 3,6 mil casos

    Especialista atribui crescimento dos números ao abandono precoce do uso de máscaras

    Por Plox

    28/05/2022 10h10 - Atualizado há 2 meses

    Mais de 3,6 mil casos de Covid-19 foram confirmados nas últimas duas semanas em Belo Horizonte. Em 15 dias, o município apresentou um aumento de 53% na incidência de casos para cada 100 mil pessoas. Também foram registrados 13 óbitos causados pela doença, no mesmo período. Em meio ao constante crescimento dos números, a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) afirma que pode rever os protocolos sanitários. 

    Segundo o boletim epidemiológico divulgado, nesta sexta-feira (27), pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), o índice passou de 51 casos acumulados por 100 mil habitantes, no dia 10 de maio, para 78,5 na última quarta-feira (25). 

    De acordo com o infectologista Leandro Curi, o abandono precoce do uso de máscaras contribuiu para o salto nos números. “Como o poder público permitiu, a população entendeu que está tudo liberado para viver normalmente, com shows, jogos em estádios, bares. Foi um prato cheio para a ômicron”, avalia.

    Minas Gerais também apresentou aumento expressivo de casos

     

    O especialista explica que, além da proteção da vacina, a variante ômicron tem uma natureza menos letal. Ainda assim, ele alerta para a possibilidade de ser infectado várias vezes pelo vírus. “Estamos enfrentando subvariantes da ômicron e elas não conferem imunidade. Geralmente, quando a pessoa se infecta com uma, pode se infectar com outra logo em seguida”, detalha.

     

     

    Ao todo, já foram 82.738 casos confirmados em Belo Horizonte, em 2022. A capital também registra 427.849 casos notificados e 576 óbitos neste ano.

    Alerta para vacinação infantil da Covid-19

    O boletim epidemiológico também informa que 99,7% da população adulta de BH já foi vacinada com a segunda dose. No entanto, o cenário é diferente quando se trata da vacinação infantil. No grupo de 5 a 11 anos, somente 54,3% recebeu a segunda dose do imunizante.

    Segundo Leandro Curi, essa baixa cobertura vacinal infantil contribui para o aumento dos números. “As escolas acabam funcionando como um local para perpetuar infecção, já que geralmente as crianças não usam máscaras. Cabe às escolas, pais e responsáveis garantir que as crianças sejam vacinadas”, avalia.

     

     

    Situação no Estado

    Nas últimas 24 horas, o Estado de Minas Gerais confirmou 4.580 casos de Covid-19. Também foram registrados 11 óbitos nesse mesmo período. Ao todo, são 3.398.570 casos confirmados e 61.533 óbitos em Minas Gerais.

    A quantidade de novos casos em 24 horas é mais de 14 vezes maior do que o era registrado no início de maio. No primeiro dia do mês, eram 309 infecções confirmadas no mesmo período.

    Nota na íntegra da Secretaria Municipal de Saúde:

    A Secretaria Municipal de Saúde informa que nas últimas semanas o número de notificações e confirmações de Covid-19 tem apresentado aumento. A situação é acompanhada pela SMSA e, caso seja necessário, e de acordo com dados epidemiológicos e informações estatísticas, os protocolos sanitários poderão ser revistos. No momento serão mantidas as medidas implantadas.

     

     

    Em relação ao Boletim, desde o término do decreto de calamidade pública, as atualizações dos dados são feitas duas vezes na semana, sendo às terças e sextas-feiras. A respeito do número de casos, constavam dados represados que foram atualizados no boletim desta sexta-feira, 27 de maio.

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/incidencia-da-covid-19-em-bh-aumenta-em-53-com-a-confirmacao-de-3-6-mil-casos-1.2675315
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]