Fabricianense envolvido em atos de 8 de janeiro pode ter fugido do país

Laudenir se desvinculou do partido Republicanos e teria retirado a tornozeleira eletrônica por conta própria

Por Plox

28/05/2024 10h49 - Atualizado há cerca de 2 meses

Laudenir Vieira Rodrigues, preso em janeiro de 2023 por envolvimento nos atos de 8 de janeiro em Brasília, é alvo de rumores sobre uma possível fuga do país. A equipe do Plox tomou conhecimento que o mesmo teria removido a tornozeleira eletrônica e fugido junto com outras pessoas, informação ainda sendo apurada.

Foto: reprodução/ Instagram
Foto: reprodução/ Instagram


Detido até 18 de dezembro de 2023, Laudenir renunciou à presidência do partido Republicanos em 21 de maio de 2024, deixando uma nota justificando a decisão por motivos pessoais e agradecendo pelo apoio recebido. Em contato com o vereador de Coronel Fabriciano, Lincoln Drumond, agora presidente do partido, ele afirmou ter sido surpreendido pela notícia e acreditava que Laudenir estava focado em uma possível candidatura.
"Tenho vivido uma vida de problemas e muitas decisões tenho que tomar, muitas delas importando na vida de outras pessoas. Nesse momento, por não dispor de condições de continuar à frente da direção partidária, por razões de foro íntimo, peço que levem minha renúncia do cargo de presidente a partir desta data. A vocês, agradeço por tudo e manifesto meus desejos de sucesso na caminhada. Eu acredito no Brasil! Abraços. Laudenir Vieira," escreveu Laudenir em sua nota de renúncia, a qual o Plox teve acesso. Veja na íntegra:

Foto: divulgação


Lincoln informou à reportagem do Plox que soube da possível fuga pela imprensa e que tentou, sem sucesso, entrar em contato com Laudenir através do número oficial. “Eu já protocolei junto ao cartório o comunicado, mas até o momento não temos informações sobre o Laudenir”, disse o parlamentar ao Plox.
VEJA TAMBÉM:
https://plox.com.br/noticia/18/12/2023/fabricianense-preso-por-envolvimento-em-atos-golpistas-consegue-liberdade-provisoria

 

 

 

 

Destaques