Das 18 mil indenizações do Seguro DPVAT em MG, 74% foram para acidentes com moto

28/07/2020 09:53

Veículo é responsável pela maior parte das mortes indenizadas no primeiro semestre deste ano

Apenas no primeiro semestre deste ano, 18.802 indenizações foram pagas pelo Seguro por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) em Minas Gerais, sendo que 14.010 foram para pessoas que se envolveram em acidentes com motocicletas - cerca de 74% do total.

Segundo dados da Seguradora Líder, que administra o Seguro DPVAT, dessas mais de 14 mil coberturas, 9.302 foram por invalidez permanente;  4.103 para despesas médicas e suplementares; e 605 por morte. Apenas com relação aos óbitos, 448 das indenizações pagas foram para condutores; 111 para pedestres; e 46 para passageiros.

Apenas com relação aos óbitos, 605 das indenizações pagas foram para condutores  Foto: Lincon Zarbietti / O TEMPO

Apenas com relação aos óbitos, 605 das indenizações pagas foram para condutores

Foto: Lincon Zarbietti / O TEMPO

Brasil

No mesmo período, o Brasil registrou 125.395 indenizações pagas pelo Seguro DPVAT a vítimas de acidentes envolvendo motocicletas, representando cerca de 79% do total de benefícios concedidos pelo seguro neste período. O veículo também foi responsável pela maior parte das mortes indenizadas: 8.128 famílias receberam o pagamento em todo o país.

Ainda de acordo com a Líder, entre janeiro e junho, foram pagas 90.581 indenizações a pessoas que ficaram com algum tipo de invalidez permanente e 26.686 cidadãos receberam o reembolso de despesas médicas e suplementares após acidentes ocorridos com motocicletas. Os motociclistas foram os mais atingidos (83.908), e os pedestres ficaram em segundo lugar (29.574).

São Paulo lidera o triste ranking de pagamentos do seguro, contabilizando 14.294. Minas Gerais aparece na segunda posição, seguido do Ceará, com 9.023 pagamentos.

Seguro DPVAT

O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege todos os brasileiros em casos de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (valor de R$13.500), invalidez permanente (de R$135 a R$13.500) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$2.700). O beneficiado pode receber o dinheiro até três anos após o acidente.

Por lei, após a entrega da documentação, a efetivação do pagamento terá que ser feita em até 30 dias. Porém, de acordo com a seguradora, dados do mês de julho mostram que 56% do total de indenizações solicitadas do Seguro DPVAT foram pagas em até dez dias.

Para pedir o benefício, o acidentado pode entrar em contato através do telefone 4020-1596, para capitais e regiões metropolitanas, e 0800-022-12-04, para outras regiões. Também há o aplicativo "Seguro DPVAT".

Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/das-18-mil-indenizacoes-do-seguro-dpvat-em-mg-74-foram-para-acidentes-com-moto-1.2364985