Ipatinga

atitude

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Após doações, homem de Igarapé que comia ração tem esperança de recomeço

    Jorge Nonato não passa mais fome, e, agora, deseja trabalhar para poder ajudar outras pessoas que não têm o que comer

    Por Plox

    30/08/2021 15h47 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Há exatos 31 dias, o morador de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, Jorge Nonato, de 51 anos, comia uma mistura de ração com feijão para não passar fome. Esse duro relato da realidade vivida pelo homem, que está desempregado há mais de seis anos, viralizou e emocionou as redes socias. Depois disso, uma corrente solidária chegou até ele levando transformação e cuidado.

    Em conversa com a reportagem de O TEMPO, na manhã desta segunda-feira (30), Nonato contou sobre a reviravolta positiva que a vida dele sofreu e sobre os projetos para o futuro. "Não tem nada melhor na vida que acordar e ter comida para cozinhar", disse emocionado Nonato, que não passa mais fome. 

     

    Jorge Gomes Nonato, de 51 anos, mostra, com um sorriso no rosto, alimentos para refeição Foto Foto: Alex de Jesus/O TEMPO
    Jorge Gomes Nonato, de 51 anos, mostra, com um sorriso no rosto, alimentos para refeiçãoFoto: Alex de Jesus/O TEMPO

    Desde a repercussão do vídeo, as doações não param de chegar na casa dele. "Teve um dia que recebi tanta cesta básica que dividi com outras dez famílias do meu bairro que também estavam passando necessidade. É injusto eu guardar tanta comida sabendo que os filhos da minha vizinha estão indo dormir com fome", disse Nonato. 

    No momento, Nonato vive das doações que recebe. Uma vaquinha virtual também foi realizada para ajudá-lo sair da situação de extrema pobreza.  Até o momento foram arrecadados cerca de R$ 36 mil.

    "Agora tenho água e luz"

    Parte desse dinheiro foi usado para  levar àgua e luz até o humilde barracão que ele vive na companhia de cinco cachorros. "Agora posso assistir televisão, ligar uma lâmpada à noite. Também passei a ter água encanada, é uma maravilha", contou Nonato, que ainda tem o desejo de tomar um banho de chuveiro. "Há cinco anos ou mais não sei o que é tomar banho de chuveiro, não tem banheiro aqui em casa," revelou.

    Casa nova

    Mas isso também vai mudar. O homem vai ganhar uma reforma do Instituto Galo, time do coração de Nonato. o Instituto informou que nos próximos dias as obras terão início. Além disso, o clube ainda vai ajudá-lo a garantir alimentação adequada e vai auxiliá-lo com tratamento médico e dentário. 

    "O instituto Galo está acompanhando o Sr. Jorge. Com o valor arrecadado colocamos as contas de água e luz em dia, estamos comprando carnes, legumes e demais alimentos para ele. Também fizemos com uma arquiteta e um engenheiro um projeto para reformar a casa dele. Como prometido iremos construir um banheiro para ele. Ele também foi ao dentista e ao médico. A reforma da casa e a construção do banheiro será iniciada nos próximos dias", pontuou a nota

    Sonho

    Em meio tantas transformações, Nonato tem um sonho: o de poder trabalhar e poder ajudar outras pessoas que precisam de auxílio. "Sou muito grato com tantas doações. Minha vida é outra, mas quero voltar a trabalhar, ter o meu próprio dinheiro. Quero retribuir ao mundo e  a Deus pelo que recebi. Quero ajudar outras pessoas que não tiveram a mesma sorte que eu", revelou.

    Quer ajudar?

    Nonato possui ensino fundamental incompleto. Ele tem experiência como auxiliar de serviços gerais e vigia. Nonato ainda não tem telefone. Para entrar em contato com ele basta acessa o Instagram do amigo dele,  Cleison Borges Souza - @cleison.borges19

    Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/apos-doacoes-homem-de-igarape-que-comia-racao-tem-esperanca-de-recomeco-1.2534742
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]