Polícia prende três jovens em Fabriciano; um é suspeito de participar de homicídio

Os policiais encontraram drogas, arma de fogo e munições durante a operação

Por Plox

15/06/2023 10h16 - Atualizado há 10 meses

Na noite desta quarta-feira (14), três jovens foram presos suspeitos de tráfico de drogas. Um dos indivíduos é suspeito de ter participado de um homicídio. O caso aconteceu na rua Cromo, no bairro São Domingos em Coronel Fabriciano, Minas Gerais.

Segundo informações da Polícia Militar, os policiais foram informados de que um indivíduo de 18 anos, suspeito de ter participado de um homicídio, ocorrido no dia 28/05/2023, no bairro São Domingos, em um local que estaria ocorrendo tráfico de drogas e que havia arma de fogo.

Os policiais foram até o local indicado na denúncia e constataram uma movimentação que caracteriza tráfico de drogas. Diante da provável localização do suspeito de homicídio e do possível tráfico de drogas, as equipes do tático móvel entraram no aglomerado e abordaram o imóvel.

Materiais apreendidos na operação. Foto: divulgação/ Polícia Militar

 

Conforme os relatos, na aproximação, um dos miliares visualizou o momento que uma pessoa aproveitou-se de uma janela aberta e jogou uma sacola na lateral da casa. O militar colheu o material e constatou que se tratava de vários microtubos contendo um pó esbranquiçado semelhante à cocaína.

Em seguida, os policiais entraram no imóvel e abordaram os indivíduos, que estavam todos no quarto de onde tentaram dispensar a sacola. Durante a identificação dos abordados, os militares constataram que um deles era o denunciado.

No local também estavam um jovem de 22 anos e, ao ser pesquisado no sistema informatizado, foi constatado um mandado de prisão em seu desfavor. O terceiro indivíduo, de 24 anos, informou ser o proprietário da residência.

Foi realiza busca domiciliar e localizada, dentro de uma cama tipo box, no quarto onde os suspeitos estavam, uma pistola calibre .380, com numeração suprimida, carregada com três munições intactas.

Ao todo na operação foram apreendidos: uma Pistola Taurus calibre .380; três munições calibre .380; uma munição calibre .38; três celulares; uma balança de precisão; 11 eppendorfs com cocaína e vários eppendorfs vazios; uma bucha de maconha; uma porção de crack e um coldre de couro.

Diante dos fatos, os três jovens receberam voz de prisão e, com os materiais apreendidos, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, para demais providências.

 

Outro suspeito do homicídio foi preso

Na primeira semana deste mês, mais precisamente no dia 4 de junho, outro indivíduo, de 23 anos, suspeito de ter participado do homicídio foi preso pelos policiais militares. O fato ocorreu na rua Flor de Liz, no bairro de São Domingos, em Coronel Fabriciano, Minas Gerais.
Segundo informações da Polícia Militar (PM), as equipes policiais receberam informações de que o jovem seria suspeito de participar do crime e que a arma usada estaria em sua residência.

Com as informações, uma operação policial foi prontamente organizada com o objetivo de localizar o suspeito e ouvir sua versão dos fatos. Contudo, ao chegarem no local, o homem foi avistado portando um objeto que se assemelhava a uma arma de fogo, e tentou fugir.

Materiais encontrados pela Polícia Militar . Foto: divulgação/ Polícia Militar

 

Conforme a Polícia Militar, durante a tentativa de fuga, um dos militares identificou um objeto parecido com uma arma de fogo caído próximo ao suspeito. Este foi, então, contido pelos policiais após oferecer resistência.

Na sequência, durante as buscas no local, foi encontrado um revólver Taurus de calibre .38, de cor preta, carregado com cinco munições. A equipe também encontrou uma bucha de maconha e uma porção de crack prontas para venda.

Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, com o material apreendido, para demais providências.

 

O Homicídio

No dia 28 de maio, um homem de 54 anos, identificado como Joilson Rosa Pereira, foi encontrado morto, na rua Flor de Liz, no bairro São Domingos, em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, Minas Gerais.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), após informações repassadas que havia um homem caído ao solo, os policiais foram até o local, conhecido como Beco das Flores. Ao chegarem, encontraram o homem já sem vida, aparentando ferimentos de disparos de arma de fogo, em uma casa em construção.

Foto: reprodução/ WhatsApp

 

A perícia técnica da Polícia Civil compareceu para os trabalhos de praxe. Conforme os relatos, o corpo apresentava várias perfurações pelas costas e cabeça, além de apresentar sangramento pela boca, nariz e ouvido.

De acordo com os relatos preliminares, existe a suspeita de que Joilson foi atingido pelos disparos nas costas, caiu ao solo e, ainda ouvem outros disparos, após ele já estar caído no local. Foram localizados e recolhidos pela perícia 18 estojos .380 e constatadas aproximadamente dez perfurações nas costas e algumas na cabeça, sem que se pudesse identificar se eram de entrada ou saída.

Foto: reprodução/ WhatsApp

 

Após os trabalhos periciais, o corpo foi removido pela funerária de plantão e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Ipatinga-MG. Uma pessoa disse aos policiais que Joilson se envolveu em um homicídio, há muitos anos, sendo acusado da autoria do crime.

Ainda segundo as informações preliminares, Joilson seria morador do bairro. A casa onde ele foi encontrado teria sido adquirida por ele, há cerca de um ano. Ainda não foram divulgadas informações sobre autoria do crime. A ocorrência foi registrada e o caso deve ser investigado pela autoridades policiais.

Destaques